top of page

Bilinguismo na terceira idade



O envelhecimento é um processo biológico que acontece em todas as espécies de animais, que pode ocorrer em dois processos: o primeiro é a chamada senescência, um processo natural que ocorre a nível celular; já o segundo é o declínio gradual no funcionamento do corpo. Com o envelhecimento e a expectativa de vida aumentando em diversos países, torna-se mais necessário pesquisas que investiguem os efeitos de algumas tarefas e atividades para que seja possível um envelhecimento de qualidade do ponto de vista cognitivo. Já sabemos, por exemplo, que exercícios físicos e alguns jogos recreativos podem atrasar os sintomas mais severos de Alzheimer.


Nesse sentido, um grupo de pesquisadores resolveu pesquisar a respeito de outras atividades, como o bilinguismo, e descobrir seus efeitos na terceira idade: o que difere o cérebro de uma pessoa que só fala um idioma para um bilingue?


Para entender esse processo, inicialmente se esperava que a pesquisa apresentasse controle cognitivo nos voluntários. Esse controle cognitivo também pode ser chamado de funções executivas, que se referem a uma série de processos mentais que possuem relação entre si e que de algum modo estão ligados ao processo de memória.


A partir de tarefas que envolveram o participante em usar uma segunda língua utilizando tarefas atencionais, os pesquisadores concluíram que a experiência regular de bilíngues no segundo idioma diminui os efeitos tipicamente observáveis com a idade avançada a partir do controle cognitivo. Portanto, isso abre novas discussões para além disso: alguns estudos, por exemplo apontam que o envelhecimento está diretamente relacionado a memória de trabalho, que é importante no processo de aquisição de informação enquanto realizamos uma tarefa. Com essa nova perspectiva, pesquisas posteriores podem acurar o entendimento sobe a aquisição de memória para retardar efeitos de envelhecimento que envolvem a perda de memória.


Referiêncas:

Borsa VM, Perani D, Della Rosa PA, Videsott G, Guidi L, Weekes BS, et al. Bilingualism and healthy aging: Aging effects and neural maintenance. Neuropsychologia. 2018;111(January):51–61.


42 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page